(Espaço para um título pseudo-inteligente/divertido/original/legalzinho)


Curta quatro "curtas"

Curta quatro "curtas"

 

 

O título desse post parece nome de festival de curta metragem, mas não é, a idéia é fazer pela primeira vez em milênios um post curto, então vamos, quatro coisas diferentes:

 

 

Crássicos!!!!!

Estou numa nova onda quando tratamos de cinema, ultimamente venho dando atenção aos grandes clássicos, em menos de duas semanas vi boa parte do que é considerado cult, entre eles dou destaque para Terra em Transe, Scarface, The Warriors e A Clockwork Orange. Não são considerados clássicos à toa. Recomendo, com ressalvas...

 

 

Doutor Casa?

Desisti da TV faz tempo, foi devidamente substituída pela Internet, pelo simples fato da possibilidade de opção, você escolhe o que ver. Pois bem, sou consumidor (ha!) de algumas coisas da cultura Norte Americana (ha!), umas delas é o costume de ver séries de TV, vejo as melhores, as melhores são as que todos vêem (será mesmo?), tudo isso só pra falar da minha mais nova série preferida, é House M.D., não vou dar resumo nem nada do tipo, no máximo o link ai pra conferirem. Só gosto muito. Recomendo. E ponto.

 

 

Ando com o Inferno no bolso

É isso mesmo, ando com o inferno no bolso, digo isso porque sou do tipo de pessoa que anda pra cima e pra baixo com a porra de um MP3 Player estourando na orelha. A questão é o que esse Player toca (os sons do inferno devem ser parecidos com o que ouço, já vou me acostumando...), meu novo interesse agora são as bandas extremamente pesadas, mais especificamente um novo gênero, denominado Metal Matemático, vê se pode isso.

E sim, sou do tipo de cara que senta do seu lado no ônibus e não dá a mínima pra seu desconforto por causa da minha música alta, na verdade não é bem assim, dependendo de quem tá do lado escolho a banda e o volume, quando incomodo é de propósito. He he.

Outra coisa é que não sou fácil de identificar como “fã” dessas coisas pra evitar a proximidade, não ando de preto, não tenho cabelo grande, não tenho brinco nem tatuagens visíveis, me visto como um cara normal, não me encaixo num estilo pré-definido. Por isso, se você mora em São Paulo e pega o Metrô à noite, tome cuidado ao sentar do lado daquele rapazinho de óculos e camisa rosa que parece estar tão entretido com seu livro e sua música... eu posso ser esse cara, e sua viagem pode ser bem mais sonora que o comum.

 

 

Espremo o livro e ele pinga álcool

Também na literatura tenho fases, quando descubro um autor que me agrada muito, leio tudo que acho de uma vez. Minha mais nova descoberta é Charles Bukowski, meu novo vicio, já li dois livros, vou ganhar mais dois e comprar mais um. Não sei até quando vou gostar do que ele escreve, nem sei se vou mudar de opinião algum dia, o fato é que AGORA gosto MUITO, como não gostava de uma nova descoberta desde Albert Camus. Talvez diga o porquê no outro blogue, é só reservar um tempinho pra escrever algo que mereça atenção.

 

  

Uma penca de link da Wikipédia, um viva para a informação livre?

 

E por mais que eu tente não consigo fazer um post pequeno :)

 



Escrito por Joaqu?m às 17h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 20 a 25 anos, Portuguese, English, Livros, Música
Histórico
Outros sites
  Escreveai
  Meu Blogue Sobre Cinema (4:3)
  Nem Tente (Don't try)
  Mário Bortolotto
  Ferréz
  L'absurdité de la vie
  A porra do meu Orkut :)
  Bestiário
  Releituras
  Desciclopédia
  Mixirica Mutante
  Visite à Vontade
  O Inconstante
Votação
  Dê uma nota para meu blog